FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:


DESTAQUES

PTM IBÉRICA

Sobrevoando o Porto de Aveiro #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Jardim Oudinot | Fotos Aéreas| 2014 | VÍDEOFOTO

Exercício/Simulacro “Porto Seguro 2013” (Vídeo-foto 1)

Porto de Aveiro em movimento #1 | 2014 | VÍDEOFOTO

Sobrevoando o Porto de Aveiro #2 | 2014 | VÍDEOFOTO

Bicentenário da abertura da Barra de Aveiro

Praia da Barra – Fotos de outros tempos

Excursão dos Empregados Superiores do «Diário de Notícias» a Viseu e Aveiro - 1930


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo


Publicidade

FOTOS

 Porto de Aveiro - Por Paulo Magalhães

Porto de Aveiro - Por Paulo Magalhães
SLIDESHOW



Reforçada sinalização para evitar tragédias nos molhes da barra de Aveiro

A Administração do Porto de Aveiro (APA) vai reforçar a sinalização nos molhes norte e sul para evitar tragédias como a do dia 1 de Dezembro, com a morte por afogamento de três pescadores que foram apanhados por uma onda.

“Estamos a fazer o que nos compete para reforçar as medidas de alerta que podem contribuir para a melhoria da segurança das pessoas”, disse hoje à Lusa Olinto Ravara, presidente do conselho de administração da APA.

Segundo Olinto Ravara, até ao final da próxima semana serão instalados placares a alertar as pessoas para o perigo de queda e de galgamento, com um semáforo que será acionado por controle remoto pelos serviços do Porto de Aveiro.

“Sempre que as condições de tempo ou do mar o justifiquem, o semáforo passará a vermelho, dizendo que passa a ser proibido o acesso ao molhe nessas condições”, explicou Olinto Ravara.

O mesmo responsável afirmou ainda que não será necessário fazer qualquer alteração às normas de segurança, adiantando que o regulamento da APA refere que não é permitido o exercício de pesca lúdica apeada no molhe norte de 1 de outubro até 30 de abril.

“O nosso regulamento é muito claro, só que as pessoas desconhecem e passam por cima disso e, de facto, o vício da pesca falou mais forte. Estas pessoas que infelizmente perderam a vida já tinham tido dois sustos anteriores e continuaram no mesmo sítio como se nada fosse”, disse o presidente da APA.

Olinto Ravara espera que as pessoas tenham cada vez mais consciência dos perigos quando vão para um molhe, sobretudo no inverno.

“Aquilo não é propriamente um passeio público, mas parece que foi transformado em tal. No último ano houve 11 acidentes com pessoas que caíram no molhe sul. A esmagadora maioria foram pessoas que caíram por mera distração, porque iam a caminhar a olhar para os telemóveis”, adiantou o presidente da APA.

No passado sábado, três pescadores lúdicos morreram afogados quando foram apanhados por uma onda e caíram à água, junto ao molhe norte da barra de Aveiro, em São Jacinto.

Segundo o comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Carlos Isabel, o alerta foi dado cerca das 11:00 por um quarto pescador que se encontrava no mesmo local, mas que não terá caído à água.

"Eles estavam à pesca na ponta do molhe norte quando foram apanhados por uma onda”, disse o mesmo responsável.

Dois dos corpos foram recuperados cerca das 11:15 pela embarcação da Polícia Marítima. O terceiro corpo foi recuperado pela Estação Salva Vidas de Aveiro por volta das 13:20.

De acordo com informações recolhidas no local, as vítimas eram amigos e residiam nos concelhos de Valongo e Vila Nova de Gaia.

Ao local acorreram meios dos Bombeiros Novos de Aveiro e dos Bombeiros da Murtosa, além de meios aquáticos da Polícia Marítima e da Estações Salva Vidas de Aveiro.

fonte




Data: 2018-12-06



Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade

feed
mapa